segunda-feira, 16 de dezembro de 2013

Internet Educação e Dinheiro com Blogs

Educação e Blogs

A educação tradicional vai aos poucos perdendo espaço para aqueles que se interessam pelo empreendedorismo online com seus blogs e sites.Cada vez mais o número de usuários que utilizam a internet e compram computadores crescem em todo o mundo.Será apenas uma questão de tempo para que pelo menos um membro da família consiga trabalhar pela internet e dessa forma monetizar seu trabalho.Ainda esse movimento é tímido por aqui no Brasil,apenas uns poucos iluminados conseguem uma renda suficiente com seus negócios totalmente online capaz de pagar os custos fixos,não estou me ferindo a lojas online,isso já é outra estória,mas sim a quem tem um blog e vive de divulgar informações ou venda de produtos digitais ou ainda algum tipo de consultoria,a exemplo de clube de membros.

Educação tradicional versus empreendimento online

Se comparamos o investimento inicial da educação tradicional, livros, passagens,fardamento,etc com o de obter um notebook ou computador,além de uma conexão a internet veremos que os gastos com a educação superam e muito o investimento de se ter uma estrutura para poder trabalhar na internet.Assim muitas pessoas que ainda não tem acesso a grande rede tem apenas a educação tradicional como forma de se ter uma profissão e  trabalhar e ser remunerada por ela.Só que o trabalho online a partir de casa também tem seus pontos comuns com a educação,isto é,o tempo de se obter retorno financeiro e a quantidade desejada desse investimento demora e demora muito,por isso ,em outras postagens do blog é preferível começar o quanto antes a criar uma plataforma na internet ,um blog ou site,para ir criando uma presença online e partir para venda de produtos ou serviços e assim conseguir rentabilizar através da internet.

Diversos níveis

Utilizando novamente a analogia entre uma escola particular e uma escola pública,também na internet existem pessoas que utilizam uma plataforma paga e outra plataforma gratuita para obter o resultado do seu investimento.Uma não é melhor do que a outra,o que faz a diferença é quem usa cada uma delas.Você tem que encontrar qual das plataformas melhor se enquadra na sua situação atuação atual e começar a trabalhar construindo conteúdo para ser publicado em seu blog e dessa forma atrair leitores que irão lhe encontrar.Não vai demorar muito,assim eu acredito na melhor das hipóteses,que escolas tradicionais vão ensinar a estrutura necessária para se conseguir trabalhar na internet e dessa forma diminuir um pouco a questão do desemprego do país.

Produtos e serviços

Novamente como acontece no mundo offline,no mundo online você também oferece produtos ou serviços para poder conquistar renda com seu tempo dedicado aos seus empreendimentos onlines,sejam consultoria,programas de afiliados etc.Só que a maioria desses produtos já estão completamente prontos e você não precisa utilizar seu tempo para construí-los basta apenas se afiliar e divulga-los.A consultoria pode ser alguma habilidade que você já possui como por exemplo dominar uma língua estrangeira e ensinar pela internet.

Dificuldade inicial

A parte mais difícil é formar uma cartela de clientes que irá consumir seu produto ou serviço periodicamente.Se você conseguir isso ter dinheiro com seu produto ou serviço não será tão difícil.Devem existir técnicas para se conseguir isso ou então indicação de outras pessoas do seu circulo de amizade das redes sociais.Se serve de motivação,quando você se torna conhecido as pessoas começam a lhe procurar em busca do seu trabalho e dessa forma sua carteira de clientes cresce espontaneamente.

Divisão do trabalho

Acredito que haverá uma divisão do trabalho entre online e offline porque tem pessoas que ainda preferem recorrer a algo palpável.Não gostam de ler em arquivos digitais ou assistir aulas gravadas.Então muitas atividades vão coexistir com o serviço prestado online e offline.


Observação pessoal

Na escola eu fazia um trabalho e tinha uma nota.Na internet eu faço um trabalho e tenho retorno financeiro.*

*Esse artigo foi escrito por mim.Para entrar em contato é só me enviar um e-mail para felipef32f@gmail.com